LORCA

 Para Garcia Lorca

Existe um Duende

Chamado inspiração

Quando ele aparece

A arte ganha alma

E a obra, coração

O Duende lhe aguarda

Nos escritos do poeta

Reza a superstição