Medo de amar


medo é muro
do tamanho
do desejo
que prematuro
foi abandonado
e no escuro
sem lampejo
se tornou
um beijo
que nunca
será dado