Clímax


Corpos pelo instinto ritmados
Tomados por sensações
Canções os conduzem à sintonia
A poesia flui do compasso úmido, único
E de súbito, a música se calou
Gritou o silêncio absoluto
Minuto eterno rompido pelo sino
Que em desatino soa
E ecoa no corpo que sua
O sino soa
O corpo sua
Soa, sua
Sou a sua mulher.