Povo poeta


Patativa

Não teve estudo
Mas no peito

Fez escola
E se poeta

Devesse canudo
O mundo não

Teria Cartola